Tag Archives: espresso

:: Caffé Italia

2 nov

By KATERINE ROLLET

http://www.tourisme-montreal.org/Blogs/Epicurean-Life

October 30, 2009

Since Caffé Italia first opened its doors back in 1956, not much has changed. Having a coffee here is like going back in time,” explains Mike, the manager. Caffé Italia is an institution in the Montreal Italian community, and it’s definitely a mandatory stop when I’m showing friends around Montreal.

When I found out that the blogger Kelly Vick was coming to pay a visit, I wanted to make sure that she got a chance to taste what many coffee fans consider to be the best espresso in Montreal.

As we were heading to the Jean Talon Market, I suggested that Kelly come with me to check out the Caffé Italia. I had to explain the term ‘allongé’ (as I did in my previous post, How to order a coffee in Montreal and ‘pannetone’, a traditional Italian cake normally served during Christmas holidays, but at Caffé Italia, it’s available all year round.

caffe_italia

When you walk in the cafe, there are groups of old Italian men, huddled around tables or seated at the formica-topped diner on old-fashioned stools, with posters of Italy plastered all over the walls: evidence of a bygone era that is the Caffé Italia. The only modern touch of modernity is the addition of giant TV screens broadcasting, of course, Italian soccer matches.

Even the price of coffee seems to be from another era—it’s only $1.50 for an espresso and $2.50 for a latte! I dare you to find a better price anywhere else!

If I encourage people to visit the Caffé Italia, it’s because of the immense contribution that the Italian community has brought to Montreal’s culinary culture. It’s the Italians who built up the Jean Talon Market, introducing Montrealers to olive oil and the tradition of espresso drinking. Caffé Italia is not only the best place to get an espresso in Montreal, it was also the first café in the city to serve this popular Italian beverage.

Caffé Italia is so well-known that someone even made a film about this hallowed institution.

Insider tip: The best time to go to Caffé Italia is on Saturday morning. You can sit next to a group of old Italian men discussing the woes of the world and neighbourhood folks passing by for a quick cuppa before doing their shopping at the market.

Caffé Italia
6840 St. Laurent
Montreal, QC
H2S 3C7
(514) 495-0059

Open from Monday to Saturday, 6 a.m. to 11 p.m.
Sunday, 7 a.m. to 11 p.m.

$1.50 for an espresso
$2.50 for a cappuccino or a latte

Anúncios

:: How to order coffee in Montreal

9 out

By KATERINE ROLLET

http://www.tourisme-montreal.org/Blogs/Epicurean-Life

July 23, 2009

Picture it: Montreal. A sunny Sunday morning. You walk into a romantic French café and decide to show your special someone just how worldly you are by ordering your coffee in French. “Un café, s’il vous plait.”

Yeah, if only it were that easy. What your Berlitz book of French phrases didn’t tell you is that, in Montreal, there’s more to coffee than just “café.”

Ok, so before you panic and do something crazy like toss a jar of Nescafé into your suitcase, let me reassure you. It’s not that hard to order coffee like a real Montrealer. There is basically just one thing you need to know before ordering: Do you prefer regular brewed coffee or espresso?

If your morning ritual involves a regular brewed cuppa joe, you want what is locally known as a café filtre.

Those who prefer the stronger taste of espresso can ask for an allongé (equal parts espresso and hot water) or an Americano (a shot of espresso and the rest of the cup filled with hot water).

In case you’re worried about fitting in, rest assured that locals are split among café filtre and allongé drinkers. Both options are socially acceptable choices, though not all cafés offer both.

Of course, all the other favourite coffee options are widely available, from lattés to cappuccinos to mochaccinos, and so on.

So now that you know how to order, the question is, where to go?

coffee

The good news is that Montreal has no shortage of thriving gourmet coffee houses. In fact, you’ll probably notice that Starbucks just doesn’t have the same stronghold over our city as it does elsewhere in North America.
Here’s my list of favourite coffee shops in Montreal, listed according to neighbourhood:

Caffè Italia
6840 St Laurent,
Montreal, H2S 3C7
(514) 495-0059

Café Véritas
480 St-Laurent Blvd.
Montreal, H2Y 3Y7
(514) 510-7775
http://www.cafesanteveritas.com/en/welcome.html

Café Myriade *
1432 Mackay St.
Montreal
(514) 939.1717
http://www.cafemyriade.com/
* Their barista Anthony Brenda was ranked best from Montreal at the 2008 World Barista Championships

Club Social
180 St-Viateur West
(514) 495-0114

Caffe in Gamba
5263 Park Avenue, Montreal H2V 4G9
(514) 656-6852
http://www.cafeingamba.com/en/index.php

If you want more info, read the blog of local coffee geek Alexandre Enkerli.

:: Você gosta de café expresso?

19 ago

Por RODRIGO VIDAL FERRAZ

https://rodrigovf.wordpress.com

19 de agosto de 2009

Fala-se muito sobre café, baristas, agua, grãos, com açucar ou sem, pressão e muitas outras coisas. Fala-se muito, sabe-se pouco. Como virou moda, e ficou chique conhecer o assunto, surgiram uma série de sabidos querendo vomitar teorias.

cafe3

Na verdade não existe somente uma verdade, existem maneiras diferentes de se fazer e de se tomar café.

Pesquisando sobre o assunto na internet, me aventurando em alguns sites em italiano, acabei caindo no wikipedia, a enciclopédia livre da internet, e comparando os textos em português, francês, inglês, italiano e espanhol, cheguei a conclusão que essa deve ser uma “média” das teorias existentes.

Insisto em dizer que podem haver incoerencias no texto, talvez alguém mais entendido do assunto possa acrescentar ou questionar algum ponto, mas, de uma forma superficial, o texto responde bem as nossas questões de meros apreciadores desta bebida.

*

Café Expresso

Um café expresso (do italiano caffè espresso, freqüentemente referido como expresso) é uma bebida à base de café preparada através da passagem de água muito quente (mas não fervente) sob alta pressão pelo café moído. Foi criado e desenvolvido na Itália desde o início do século XX, mas até a década de 1940 era preparada sob pressão de vapor. O café expresso tradicional, em máquina profissional, é feito sob a pressão de 900–1000 kPa (9–10 atmosferas ou bars).

cafe1

Uma definição mais qualitativa do café expresso inclui uma maior consistência que o café coado (conhecido como café de saco em Portugal), uma quantidade maior de sólidos dissolvidos por volume e sua medida geralmente realizada em “shots”. O expresso é quimicamente complexo e volátil e muitos de seus componentes químicos se perdem por meio da oxidação ou perda de temperatura.

Um café expresso bem tirado possui três partes principais: coração, corpo e crema — sua característica mais marcante: uma espuma de cor semelhante ao caramelo-escuro que permanece sobre a superfície do expresso, composta por óleos vegetais, proteínas e açúcares.

Como resultado do processo de extração sob alta pressão, todos os sabores e substâncias numa xícara (o termo chávena é mais usual em Portugal) de café expresso estão concentrados. Algumas pessoas preferem um shot (ou dose) de café em vez de uma xícara (ou chávena) maior em que estes elementos estão mais diluídos. Também devido à sua concentração de componentes, o café expresso é muito utilizado como ingrediente em outras bebidas à base de café, como caffellatte e cappuccino.

O termo surgiu por volta de 1946 com a comercialização das máquinas do inventor Achille Gaggia e a popularização deste processo de extração do café.

Variações

 “Expresso” ou “Espresso”? Embora comumente encontrada em diversos textos e panfletos promocionais, a palavra “espresso” grafada com “s” não existe na língua portuguesa — ela nada mais é que o italiano para expresso. A palavra “expresso”, por sua vez, é originária do latim expressus, particípio passado de exprĭmĕre, que significa entre outras coisas “apertar com força, comprimir, espremer, tirar de, arrancar”. Em português, esse verbo latino originou exprimir, espremer e, por extensão de sua forma nominal, expressar.

cafe2

Pedir um café na Itália (un caffè), assim como em vários países da Europa, é entendido como pedir um espresso.

Em Portugal, quando se pede um café é-se servido com um café espresso, termo que não é usado correntemente. Em Lisboa, o termo tradicional para designar o espresso é bica, um acrônimo que significa “Beber Isto Com Açucar”. O café espresso quando começou a ser comercializado em Lisboa, no café “A Brasileira”, não agradou aos lisboetas, pelo que foi criado o slogan Beber Isto Com Açucar. O termo teve tanto sucesso que acabou por ficar até aos nosso dias. Por outro lado, no Porto é costume pedir um cimbalino, como referência a La Cimbali, uma popular marca de máquinas de fazer espresso.

Tipos de expressos

  • Caffè espresso: o termo formal italiano. Na maioria dos países, apenas espresso, 30 mL extraídos em aproximadamente 25 segundos. Em Portugal diz-se simplesmente café.
  • Ristretto (curto): com menos volume e água, conseqüentemente um sabor mais puro e forte, 10–20 ml. Em Portugal diz-se simplesmente café curto ou italiana.
  • Lungo (longo): mais água (quase o dobro) passa pelo café moído, resultando em um sabor mais fraco, 40 mL. Em Portugal diz-se simplesmente café comprido ou cheio.
  • Doppio (duplo): dois shots de espresso numa xícara (ou chávena), aprox. 60 mL.
  • Caffè macchiato (manchado): uma pequena quantidade de espuma de leite vaporizado sobre um espresso; ordem invertida no Starbucks e outras cafeterias para outros tipos de macchiatos, com espresso adicionado a uma grande quantidade de leite vaporizado.
  • Cappuccino: tradicionalmente, uma bebida com ⅓ espresso, ⅓ leite vaporizado e ⅓ de espuma de leite vaporizado, mas em alguns lugares do mundo se acrescenta um pouco de pó de chocolate e/ou canela.
  • Latte: abreviação de caffè latte, ou café com leite, bebida baseada no espresso com uma quantidade igual de leite vaporizado, com pouca ou nenhuma espuma de leite vaporizado. Em Portugal diz-se meia-de-leite ou galão (maior do que a meia-de-leite e servido em copo).
  • Flat White: bebida de café muito popular na Austrália e Nova Zelândia, feito com ⅓ de espresso e ⅔ de leite vaporizado.
  • Cortado: espresso “cortado” com uma pequena quantidade de leite quente para reduzir a acidez. Em Portugal diz-se pingo (no Porto) ou garoto (em Lisboa).
  • Mocha: um latte com chocolate.
  • Affogato (afogado): servido sobre sorvete.

cafe4

Expressos com água

  • Americano: diluído com água quente, semelhante ao café coado (ou café de saco), geralmente fraco (maior proporção de água).
  • Long Black: espresso e água quente em partes iguais.
  • Cafè Tobio: dois shots de espresso com uma quantidade igual de café “americano”.
  • Café carioca ou carioca de café: variação popular no Brasil e em Portugal respectivamente, filtrado ou coado (muitas vezes servido adoçado com açúcar ou adoçante), forte (menor proporção de água), o “cafezinho” brasileiro.

Outros

  • Corretto: com adição de licor.
  • Cubano: com adição de açúcar ao pó de espresso durante a extração.

cafe5

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Caf%C3%A9_expresso